Traduções Crédulas: Uso dos Termos `Dantes Conhecer’ e `Presciência’ na Escritura

Mais uma ressaltando desonestidades linguísticas! A palavra da vez é presciência, que todos dirão que significa ‘pré-amor’ (ou `dantes amou’, ou o que valha).

Continue lendo “Traduções Crédulas: Uso dos Termos `Dantes Conhecer’ e `Presciência’ na Escritura”

Anúncios

Traduções Crédulas: Cheque-Sem-Fundos Calvinista

Passar um cheque polpudo mas sem fundos a uma pessoa reconhecidamente carente de recursos financeiros, mesmo sabendo que a pessoa que o recebe, não terá desejo ou capacidade de descontar tal cheque, é uma atitude honesta?

Joshua Thibodaux faz um paralelo interessante entre o gomarismo (o calvinismo de cinco pontos) e a oferta evangélica, com um cheque sem fundos.

Continue lendo “Traduções Crédulas: Cheque-Sem-Fundos Calvinista”

Traduções Crédulas: Respondendo as “Quatro Questões Irrespondíveis” de Greg Elmquist

Parece que este povo realmente não evolui muito. Desde 2007, a mesma erística, os mesmos truquinhos, as mesmas acusações, o mesmo raciocínio raso… Eis aqui um post no qual J.C. Thibodaux responde a algumas acusações bem antigas e repetitivas. Enfim, avaliem vocês mesmos.

Continue lendo “Traduções Crédulas: Respondendo as “Quatro Questões Irrespondíveis” de Greg Elmquist”

Traduções Crédulas: A Contradição Entre “Perseverança dos Santos” e As Advertências Escriturais Contra Apostasia

Um texto interessante, envolvendo uma espécie de ‘raciocínio silogístico’ que contrasta a perseverança dos santos com as advertências contra a apostasia. Por Joshua Thibodaux!

Continue lendo “Traduções Crédulas: A Contradição Entre “Perseverança dos Santos” e As Advertências Escriturais Contra Apostasia”

Traduções Crédulas: Duplipensar de um Duplo Predestinista

Sabe quando você tem um momento do tipo ‘eu estou mesmo lendo isso?’ enquanto lê um texto? Pois bem, é esta uma característica interessante de certos pregadores calvinistas. Suas falas vão diametralmente contra suas próprias crenças. Isso vai desde acusar adversários de circularidade epistêmica quando não percebe-se que o próprio a comete, até usar vocábulos contingentes em um evento inevitável.

Bem, leiam e divirtam-se com John Piper e seu dupli-pensar (e com esta crítica de Joshua Thibodaux). Continue lendo “Traduções Crédulas: Duplipensar de um Duplo Predestinista”

Traduções Crédulas: Por Que Eu Rejeito o Determinismo && Um Modelo da Perspectiva Atemporal de Deus Em Relação à Escolha Contrária

Este é um dos meus textos preferidos! Ele mostra um modelo bem viajado de como funcionaria o conhecimento divino, de modo que Deus pode ‘prever’ com absoluta precisão e certeza eventos contingentes – como as escolhas humanas. Veja que este é um modelo perceptualista, quase antropomórfico, e é bem distinto do modelo conceptualista (que afirma, pura e simplemente, que o conhecimento divino é inato).

Leiam e divirtam-se!

Continue lendo “Traduções Crédulas: Por Que Eu Rejeito o Determinismo && Um Modelo da Perspectiva Atemporal de Deus Em Relação à Escolha Contrária”

Traduções Crédulas: Falácias da Apologética Calvinista XIV

Mais uma falácia, surgida de última hora! Na verdade é aquela velha história de que a eleição arminiana faz Deus tomar acepção de pessoas. Além de ser uma estratégia furada, ela acaba se voltando contra o próprio calvinista que a propõe!

Enfim, deixo-vos com esta pequena gema de Joshua Thibodaux, do seu blog agora em restauração, InDeathOrLife.

Continue lendo “Traduções Crédulas: Falácias da Apologética Calvinista XIV”