Traduções Crédulas: Mais Sobre Autoria do Pecado (3 de 3)

Finalizando esta série bem curta sobre autoria do pecado, Josh Thibodaux encerra com uma última defesa calvinista, implementada por hipercalvinistas: confessar que Deus é autor do pecado, sem peias mas com uma certa desfaçatez, ante à evidência escritural.

Continue lendo “Traduções Crédulas: Mais Sobre Autoria do Pecado (3 de 3)”

Anúncios

Traduções Crédulas: Mais Sobre Autoria do Pecado (2 de 3)

Ainda neste assunto que é uma pedra no sapato do calvinismo (exceto para os confessos, o que se torna um desafio intelectual consideravelmente chato), algumas defesas adicionais sobre o calvinismo e suas teodiceias.

Aqui, Josh trata de alguns equívocos tanto dos ataques à presciência quanto das defesas do determinismo. Leiam e divirtam-se!

Continue lendo “Traduções Crédulas: Mais Sobre Autoria do Pecado (2 de 3)”