Traduções Crédulas: Godismyjudge vs Turretin

Padrão

Ufa! Depois de um grande tempo sem postar e com uma série de contratempos, eis uma defesa informal do conhecimento médio.

Continuar lendo

Anúncios

Traduções Crédulas: Cinco Questões sobre Predestinação – Questão No. 1: Quando?

Padrão

Cinco Questões sobre Predestinação

Questão No. 1: Quando?

[(Excerto de “Os Erros do Calvinismo)]

por Christopher Chapman

Tradução: Credulo from this WordPress Blog

O Desafio Calvinista:

Predestinação é inegável! A Bíblia claramente a ensina, e qualquer um que a negue tem que negar o ensino da Bíblia. Deus predestinou aqueles que escolheu salvar e trazer à fé em Jesus Cristo. Antes do mundo ser criado, e antes de qualquer pessoa ter feito algo bom ou mau, Deus decidiu que indivíduos ele salvaria. Ele não os salvou devido à fé que eles teriam nele, ou por qualquer bondade que estivesse neles, mas somente porque ele se agradou em salvá-los. Esta verdade é ensinada tão a fundo ao longo da escritura que ela não precisa de defesa. Só precisa de corações humildes que lancem fora o orgulho mundano do humanismo que tenta negar o direito de Deus de decidir quem será salvo.

A Resposta Bíblica:

Calvinistas interpretam erroneamente o ensino da Bíblia acerca da predestinação. O desafio acima é um exemplo perfeito de meia-verdade. As primeiras duas sentenças são completamente verdadeiras. Predestinação é uma doutrina bíblica que todo cristão bíblico deve aceitar. Calvinistas estão certos ao dizer que predestinação é bíblico. Mas o que não é bíblico é seu entendimento de tal doutrina.

Mórmons creem que Jesus é o Filho de Deus, o que é claramente ensinado na Bíblia. Mas eles também creem que Jesus é o espírito-irmão de Lúcifer. Em suas mentes ele nem sempre existiu e apenas se tornou um deus completo após finalizar sua obra na terra. Eles usam palavras bíblicas para descrever uma crença não-bíblica. Apesar de a doutrina da predestinação não ser tão crucial quanto a deidade de Jesus Cristo, calvinistas têm feito o mesmo com a predestinação que os mórmons têm feito com o ensino sobre Cristo. Eles tomaram uma doutrina bíblica e deram a ela um significado não-bíblico.

A fim de clarificar o ensino bíblico sobre predestinação iremos quebrar o tópico respondendo cinco questões.

Questão No. 1 “Quando?”

Pergunta: Quando Deus predestina?

Resposta: Algum momento antes de ele efetuar seu plano

Esta é claramente a mais fácil das cinco perguntas que responderemos. A resposta para esta questão, “Quando Deus predestina?” é encontrada na própria palavra. O prefixo “pre” significa “antes”. “Destinar” significa determinar algo. Então a palavra simplesmente significa que Deus determinou realizar algo antes do tempo sucedido para ele fazer.

Em Atos 2:23 Pedro diz a seus ouvintes que Jesus foi levado pelos líderes religiosos e políticos de seus dias para ser morto de acordo com o conselho e presciência de Deus. Deus teve um plano específico para entregar seu Filho como sacrifício pelo mundo. Ele teve seu plano desde antes de o mundo ser formado. Por esta razão Revelação 13:8 poderia falar sobre Jesus que ele foi o cordeiro morto desde a fundação do mundo (King James Version). Em sua infinita sabedoria ele anteviu que os líderes religiosos dos dias de Jesus teriam corações rebeldes e invejosos. De acordo com sua presciência ele decidiu colocar Jesus em suas mãos, tal que eles fizessem o que ele determinou de antemão que deveria ocorrer. E eles fizeram exatamente o que ele sabia que eles fariam; eles crucificariam Jesus pelo governo romano. Então Deus determinou o que ele faria, a saber, entregar Cristo como um sacrifício pelo mundo. E por este bom senso ele planejou exatamente como ele faria tudo ocorrer.

Em Atos 4 enquanto os crentes estavam orando sobre a perseguição que eles estavam sofrendo, eles mais uma vez trouxeram à lembrança o plano predeterminado de Deus em sacrificar Jesus pelas mãos dos homens rebeldes vivendo em Jerusalém. Mas desta vez eles usaram a mesma palavra que estamos tentando entender.

[27] Porque verdadeiramente se ajuntaram, nesta cidade, contra o teu santo Servo Jesus, ao qual ungiste, não só Herodes, mas também Pôncio Pilatos com os gentios e os povos de Israel;

[28] para fazerem tudo o que a tua mão e o teu conselho predeterminaram que se fizesse.{Atos 4:27-28 Almeida Recebida}

Lendo estas passagens paralelas lado a lado obtemos um significado melhor da palavra `predestinar’. Estas passagens ensinam que Deus tinha um plano definitivo sobre como ele estava por trazer Cristo à cruz. Mas o aspecto que queremos focar aqui é este plano não foi feito justamente durante a última semana da vida de Jesus, durante seus três anos de ministério, ou mesmo no momento de seu nascimento. Este plano foi determinado desde a fundação do mundo de acordo com a presciência de Deus. A palavra `predestinar’ simplesmente significa planejar algo à frente no tempo ou determinar algo de antemão.