Traduções Crédulas: Uso dos Termos `Dantes Conhecer’ e `Presciência’ na Escritura

Padrão

Mais uma ressaltando desonestidades linguísticas! A palavra da vez é presciência, que todos dirão que significa ‘pré-amor’ (ou `dantes amou’, ou o que valha).

Uso dos Termos `Dantes Conhecer’ e `Presciência’ na Escritura

por J.C. Thibodaux from InDeathOrLife
Tradução: Credulo from this WordPress Blog

Muitas Sombras de Significado

Calvinistas têm argumentado incessantemente durante os anos que quando a Bíblia fala que somos eleitos de acordo com a presciência de Deus, devemos entender isto como o `pré-amor’ de Deus, na realidade. Vamos observar em cada caso `pré-conhecer’ (grego: proginosko) e `presciência’ (prognosis), bem como as raízes de cada palavra.

A principal tática monergista para atacar a eleição de acordo com a presciência é primeiro mostrar que `conhecer’ na escritura pode significar coisas distintas (como amar ou ser amigo de), então fazer o caso que `pré-conhecer’ e `presciência’ nas escrituras onde elas se relatam à eleição na verdade significa `pré-amor’. Com o primeiro ponto não argumentarei. A palavra hebraica para `conhecer’ (yada) mantém uma variedade de significados, incluindo é claro `conhecer’ (Sl 51:6), `perceber/observar’ (2Rs 4:9),
`mostrar/fazer saber'(Jó 10:2), `ensinar'(Sl 25:4), e até mesmo `fazer amor’ (Sl 25:4) se estendendo até o sentido de estupro homossexual (Jz 19:22)!

Abaixo listarei os usos das palavras encontradas na escritura e oferecerei um pouco de comentários em cada um.

[Paulo falando de outros judeus]
pois me conhecem desde o princípio e, se quiserem, podem dar testemunho de que, conforme a mais severa seita da nossa religião, vivi fariseu. {Atos 26:5 Almeida Recebida}

Alguns calvinistas têm tentado usar isto para argumentar que ‘dantes conhecer’ implica necessariamente um relacionamento, no que os outros judeus conheciam Paulo como amigo antes de ele ser salvo. Mas a passagem pode tão facilmente significar que eles sabiam tudo sobre Paulo. Nenhuma prova real para a interpretação monergística.

Porque os que previamente conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.{Romanos 8:29 Almeida Recebida}

Nem sinergismo nem monergismo podem encontrar apoio doutrinário da leitura denotativa estrita do texto. Se lemos isto como todos a quem Deus conheceu sobre é predestinado a ser salvo, isto seria universalismo, porque Deus é onisciente e conhece tudo sobre todos. Um argumento geralmente usado por calvinistas é que desde que Deus é indicado conhecer apenas os eleitos nesta passagem, então dizer que isto significa `presciência’ em vez de `pré-amor’ seria fazer Deus não-onisciente (como se Ele conhecesse de antemão somente sobre crentes e não sobre descrentes). Sinergistas, por outro lado, entendem esta passagem como significando que aquele que Deus pré-conhece que receberão Sua palavra são predestinados a ser conformados à imagem de Seu Filho. Monergistas podem objetar que este detalhe não é explicitamente afirmado, mas claro, a palavra `pré-amor’ também não é. Então, ambos os lados devem impor um contexto em cima da passagem, sinergismo impondo um significado mais detalhado de `pré-conhecer’ e monergistas um significado diferente para a palavra que geralmente lhe é associada. De todo modo é difícil colher que significado é correto somente desta passagem. Calvinistas podem também objetar que Deus conhece as pessoas em si mesmas, não sobre se elas podem ou não receber Cristo, mas esta objeção é facilmente lidada.

Deus não rejeitou ao seu povo que antes conheceu. Ou não sabeis o que a Escritura diz de Elias, como ele fala a Deus contra Israel, dizendo: {Romanos 11:2 Almeida Recebida}

O contexto dessa passagem parece referir-se a Israel, especificamente ao remanescente de Israel. Se isto pode significar que Ele simplesmente os amou de antemão bem como os monergistas afirmam ou conheceu de antemão que eles receberiam o evangelho que é pregado a eles, não pode ser facilmente provado desta passagem (bem semelhante a Romanos 8:29).

eleitos segundo a presciência de Deus Pai, na santificação do Espírito, para a obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo: Graça e paz vos sejam multiplicadas.{1Pedro 1:2 Almeida Recebida}

Agora isto nos dá uma evidência um pouco melhor. A palavra não é apenas `pré-conhecer’, mas `presciência’ (grego: prognosis). Uma dificuldade principal para a visão calvinista da eleição segundo o pré-amor em vez da presciência é que a palavra grega para `conhecimento’ (gnosis) não é usada para indicar amor, amizade, ou preferẽncia especial. As palavras que constroem prognosis são `pro’, uma preposição primária que é usada como sufixo indicando  `antes’, e `gnosis’, que simplesmente significa `conhecimento’ (inteligência, entendimento avançado, sabedoria etc). Prognóstico ainda sobrevive hoje em dia no português (e prognosis no inglês), carregando uma definição idêntica. Então é portanto uma fútil tentativa de esforço de reinterpretar a eleição de acordo com a prognose de Deus em eleição de acordo com o pré-amor de Deus.

[Falando de Cristo] o qual, na verdade, foi conhecido ainda antes da fundação do mundo, mas manifesto no fim dos tempos por amor de vós, {1Pedro 1:20 Almeida Recebida}

Calvinistas algumas vezes tentam usar esta passagem para provar que `presciência’ relacionada à salvação na realidade significa pré-amor: Afirmando que Cristo foi amado por Deus antes da fundação do mundo, então isto deve significar que quando a Bíblia diz `pré-conheceu’ isto quer dizer `pré-amou’. O contexto da passagem parece indicar outra coisa. A metade posterior do verso parece implicar que Sua vinda e morte expiatória e ressurreição eram conhecidas antes da fundação do mundo, [e foi subsequentemente dita pelo Seu Espírito aos profetas do Antigo], mas que agora Cristo é revelado. Outra forte possibilidade é que nste contexto se refere a Cristo sendo ordenado antes da fundação do mundo.

Vós, portanto, amados, sabendo isto de antemão, guardai-vos de que, pelo engano dos homens perversos, sejais juntamente arrebatados, e descaiais da vossa firmeza;
{2Pedro 3:17 Almeida Recebida}

A palavra `sabendo de antemão’ é literalmente `pré-conhecimento’. A palavra aqui claramente denota `conhecer de antemão’, este é um bom indicador que a Bíblia de fato usa a palavra em seu sentido comumente entendido. Isto não é prova de que ela o faz em cada caso, mas isto evita calvinistas de modificarem radicalmente a Bíblia e tentar redefinir totalmente as palavras.

OK, então se você ler as passagens acima, você pode entender para onde me dirijo. Escritores reformados fazem o ponto que a palavra `conhecer’ (ginosko) e sua contra-parte hebraica (yada) podem ter uma variedade de significados, e então apenas avança com isto, assumindo que todas as palavras relacionadas devem simplesmente ser sinônimas que também podem ser esticadas para significar `pré-amor’, então você deveria parar de perguntar e ir direto a A. W. Pink. Bela tentativa, mas olhe de novo nas palavras. Como eu já afirmei de 1Pe 1:2, enquanto a palavra `conhecer’ tem alguns tantos significados na escritura, a palavra grega para `conhecimento’ (gnosis; a palavra grega para `presciência’ é prognosis) não tem: ela sequer implica uma preferência ou relacionamento especial. Vá em frente e observe se quiser. Nas 29 vezes que ela é usada no Novo Testamento (bem como nas 40 e poucas ocorrências da Septuaginta), é sempre usado para entendimento, não em referência a relacionamentos. Apesar de serem palavras semelhantes, as conotações e implicações são bem diferentes para as frases “Eu o conheço” e “Eu tenho conhecimento preciso sobre ele”: a primeira pode algumas vezes implicar um relacionamento existente ou possivelmente até uma afeição especial, mas a última não. O nome em grego que pode denotar um relacionamento existente ou familiaridade íntima é uma palavra distinta afinal (gnostos). De acordo com Pedro, somos eleitos de acordo com o pré-conhecimento (prognosis) de Deus, não com a pré-familiaridade ou o pré-amor (prognostos? Não é uma palavra grega até onde sei) de Deus. Se alguém está a apelar apara a etimologia do termo presciência, então é racional que eleição de acordo com a presciência de Deus significa justamente isto: eleição baseada no perfeito conhecimento prévio por Deus sobre nós.

Então vamos assumir pelo bem do argumento que Romanos 8:29 e 11:2 são simplesmente escritos bem estranhamente e na realidade estão falando sobre o pré-amor e não a presciência de Deus, isto ainda não impede a eleição de acordo com a presciência. Deus pode, afinal, amar especialmente aqueles que Ele elege, seja condicional ou incondicionalmente. Então sem importar se esta interpretação de Romanos 8 e 11 seja verdadeira, a mensagem comunicada por 1Pedro 1:2 ainda é que Deus graciosa e soberanamente elege crentes de acordo com Seu divino e infalível pré-conhecimento.

Finalizando:

  • Eleição é de acordo com o conhecimento de Deus sobre nós, não de nossas obras ou méritos, mas de acordo com as condições que Deus.
  • Enquanto `pré-conhecer’ pode ser concebivelmente ser esticada para uma variedade de significados, `presciência’ significa somente isto: conhecimento de antemão.
  • Mesmo se Romanos 8 e 11 forem tomados como sendo `pré-amou’ em vez de ‘pré-conheceu’ (como eles são escritos), ainda não contradiria o conceito expresso de eleição de 1Pedro 1:2.
Anúncios

2 comentários sobre “Traduções Crédulas: Uso dos Termos `Dantes Conhecer’ e `Presciência’ na Escritura

    • Este é um problema para os calvinistas, e não para mim. ‘Amor’ é um sentimento relacional, logo tem que envolver duas pessoas, e não uma pessoa e uma abstração que um dia lá no futuro distante será uma pessoa.

      Ainda que o texto dissesse ‘amou anteriormente’, não diz ‘amou antes mesmo de existir’. Fecha a régua e passa a conta 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s