Datando e Interpretando o Livro de Revelação – PARTE II

Padrão

A segunda parte tratará da evidência interna. Ela é relativamente curta, pois a próxima parte tratará da interpretação em si.

Datando e Interpretando Revelação: Uma Perspectiva Preterista

Parte II

por Tekton Apologetics
Tradução: Credulo on Futuro no Pretérito
Fonte: http://www.tektonics.org/esch/revdate.html

Evidência Interna

Com isto agora partiremos para a evidência interna corroborativa. Novamente nos alçamos em nossos papers do trabalho sobre os Evangelhos: Se uma obra de Tácito nos afirma que Nero abriu um refrigerador, pegou um burrito, e jogou no forno micro-ondas, temos alguma razão para duvidar de que um escritor do segundo século como Tácito seja responsável pelo material! Por outro lado, podemos também esperar que Tácito fale sobre coisas anteriores ou durante este tempo.

Aferir a evidência interna de Revelação inevitavelmente implica tomar uma posição sobre a exegese das passagens. Em outras palavras, entramos agora no âmago da questão de decidir se Revelação faz ou não sentido em um paradigma pré-70 AD.

Nós começamos com um sumário e avaliação dos diversos argumentos gerais para a data anterior[115]:

  1. “O idioma peculiar de Revelação indica um João mais jovem, antes de sua perícia na língua grega, uma evidência principal em seu grego mais polido de um período posterior”. Westcott é citado como acrescentando [113] que Revelação é “menos desenvolvido tanto em estilo quanto em linguagem” comparado com o Evangelho.
    Por outro lado, é argumentado que as diferenças podem ser devidas ao assunto-alvo, um argumento que mantém algum peso ao lidar com outras obras do NT, ou alguns argumentam (como Beale) o uso de um pano de fundo hebraico.
    Outro ponto possível é que o Evangelho e as missivas foram escritas com a ajuda de um escriba; enquanto Revelação, escrito no exílio (solitário) não.
  2. Apenas sete igrejas na Ásia Menor indicam uma data anterior à expansão cristã. Não há nada que diga que estas são então as únicas sete igrejas da Ásia Menor, apesar de que pode ser que elas fossem as mais importantes igrejas daquele tempo, e Gentry nota que este número pode ser simbólico.
  3. Atividade herética judaizante (Rv 2-3) seria menos conspícua após uma circulação mais abrangente das cartas anti-judaizantes de Paulo. Este é um ponto com forte aspecto: após 70 AD, atividade judaizante dificilmente teria o ímpeto que teria antes de 70 AD. Semelhantemente com o ponto a seguir:
  4.  Perseguição judaica ao cristianismo (Rv 6, 11) indica “a relativa confiança e segurança dos judeus em sua terra”. Porém,  é um erro assumir que todos os elementos dos hereges ou perseguidores simplesmente jogariam as mãos para o alto e iriam embora; cristianismo era um movimento subversivo que sempre seria perseguido quando fora do poder (veja aqui).
  5. O Templo ainda é dito como existente (Rv 11). Este é um dos mais fortes pontos de J. A. T. Robinson para datar os Evangelhos antes de 70 AD, e dificilmente seria ignorado aqui!
  6. O reinado do sexto imperador (Rv 17) indica uma data pelos 60. Exploraremos mais abaixo, bem como este:
  7. É fácil aplicar as profecias de Revelação à guerra judaica de 70. Olharemos em mais detalhes abaixo.
  8. O papel da adoração ao imperador. Uma das principais evidências para a datação domiciânica é a suposição de que a adoração ao imperador, que Revelação parece aludir, não se iniciou até Domiciano. Mas mesmo os proponentes dessa visão admitem que Júlio César foi adorado, e que existe alguma evidência de culto ao imperador sob Augusto e Nero. [Veja Gentry, 263ff, para um apanhado de evidências de imperadores sendo-lhes concedida adoração de Júlio a Nero.]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s