Povo Antigo e “Orientação para o Presente” – Um Suporte para o Preterismo

Padrão

Este é um texto que achei bastante interessante. Ele dá um argumento um tanto sociológico acerca da plausibilidade do preterismo.

Povo Antigo e “Orientação para o Presente” – Um Suporte para o Preterismo

por JPH from Tektonics
Tradução: Credulo on Futuro no Pretérito
Fonte: http://www.tektonics.org/esch/timepret.html

Recentemente temos notado pistas em ciências sociais que apoiam o entendimento da Bíblia que tende a atuar contra as visões preferidas entre estadunidenses. Temos a oferecer uma pista que refuta o dispensacionalismo/futurismo (bem como uma visão chamada futurismo) – tornando bastante claro que existe um sério ônus sobre quem quiser argumentar por um “futuro” cumprimento para uma série de passagens da Bíblia.

Pilch e Malina no The Handbook of Biblical Social Values [189f] descrevem a orientação temporal do mundo bíblico como sendo voltada para o presente. Ao contrário dos modernos, que são “centrados no futuro” (sempre planejando para o amanhã), os antigos se concentravam no presente. Isto estava refletido nos ensinos de Jesus sobre não se preocupar com o amanhã pois o dia de hoje já tinha problemas suficientes por si só.

Pilch e Malina observam que uma sociedade orientada ao presente, quando de frente a um problema, enraízam sua solução no presente. O passado era uma referência secundária para orientação; o futuro, uma distante terciária. Mesmo as elites “mostravam completa indiferença pelo futuro” e por planejamentos a longo prazo, pelo que eram inexistentes.

Como esta observação apoia um entendimento preterista do NT?

A orientação para o presente dos antigos torna altamente improvável que qualquer parte do Sermão do Monte, ou de Revelação, seja concernente com qualquer coisa além da expectativa de vida dos escritores/ouvintes daqueles materiais. Isto também torna impossível, como os dispensacionalistas são acostumados a alegar, que passagens como Is 13 se referem ao que é para nós uma futura destruição de Babilônia.

Agora uma indagação imediatamente óbvia é “Mas há eventos preditos que estão além da expectativa de vida dos presentes! E mesmo preteristas afirma que após o milênio de Revelação e outras mais, existem predições sobre a ressurreição de todas as pessoas!”

Sim, mas é claro que tais incidências são escassas, distantes entre si, e extremamente curtas em detalhes. Também é um ponto que a maior parte da profecia é tipológica em natureza (como Is 7:14), não predições reais de escritores passados sobre o futuro, mas uso do texto do passado por escritores do presente. Em vez de refletir uma orientação para o futuro pelo AT, tal uso reflete uma orientação passada pelo NT.

Mesmo as passagens acerca da ressurreição futura são tornadas possíveis apenas dentro do panorama da própria ressurreição de Jesus; como Pilch e Malina colocam, nesta visão, alguma coisa “é iminente quando sua presença posterior já é garantida de antemão por sua presença no presente…” Portanto apelar para Cristo como os primeiros frutos da ressurreição é sensato no contexto.

À luz da orientação para o presente do mundo bíblico, futuristas serão fortemente pressionados a explicar por que a mensagem do Sermão do Monte e de revelação deve ser entendida como uma mensagem inserida no futuro distante, do qual os leitores da Bíblia não teriam nenhuma preocupação ou concepção. Futurismo torna a Bíblia irrelevante e descontextualiza seriamente sua mensagem.

4 comentários sobre “Povo Antigo e “Orientação para o Presente” – Um Suporte para o Preterismo

  1. Olá, Futuro no Pretérito

    Parabéns por seu novo blog!

    Também sou dono de um blog sobre preterismo, o http://profetaseprofecias.blogspot.com.br/, o qual é mais voltado para o preterismo completo, porém também dá espaço para as outras subdivisões do preterismo. Seria uma honra tê-lo como um de nossos leitores.

    Se for possível, participe também deste fórum no facebook onde temos discutido sobre o cumprimento do livro de Apocalipse no passado.

    http://www.facebook.com/groups/313869782043365/

    Um grande abraço

    Att.
    Paulo Tiago

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s