Traduções Crédulas: Perseverança dos Santos (12 de 13) – João 3:16

Padrão

João 3:16

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Alguns enfatizam o fato que a vida eterna é eterna. É afirmado que se pudéssemos perder a salvação, a vida eterna deixaria então de ser eterna. isto falha em reconhecer a importabte verdade que não há vida eterna fora de Cristo (Jo 1:4,5:26,6:35,11:25,14:6, 1Jo 1:2,5:11, Cl 3:3-4, 2 Pe 1:4), e nós compartilhamos Sua vida apenas enquanto permanecermos nEle mediante fé salvífica (os que nEle creem, nessa passagem). Vida eterna não deixa de ser eterna se falhamos em continuar na fé salvífica, simplesmente deixamos de participar na vida eterna que reside somente no Filho de Deus. Vida eterna continuará muito bem sem nós, se falharmos em cumprir a condição de fé.

Robert Picirilli comenta:

Essas passagens, especialmente no Evangelho de João, que contém fortes promessas de salvação (final) a crentes e são portanto cogitadas implicar perseverância necessária não podem ser usadas para esse propósito porque elas ‘provam muita coisa’ . Em outras palavras, dizer que tais promessas requerem a impossibilidade de uma situação modificada coloca um imenso ônus na sintaxe dos exemplos. E isto pdoe ser rapidamente visto comparando promessas semelhantes, usando exatamente a mesma sintaxe, para descrentes. Por exemplo:

Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não entra em juízo, mas já passou da morte para a vida. {João 5:24 Almeida Recebida}

e

Quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, porém, desobedece ao Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.{João 3:36 Almeida Recebida}

Gramaticalmente, se a primeira significa que a condição do crente não pode ser mudada, então a segunda significa que a condição do descrente também não pode ser mudada. De fato, nenhuma das passagens sequer está falando desse assunto. O descrente opde deixar sua descrença, se tornar crente, e ver vida – então escapando da promessa feita ao descrente que continua em sua descença. Igualmente, o crente pode abandonar sua crença, se tornar descrente, e vir à condenação – portanto escapando da promessa feita aos crentes que continuam em fé. Cada promessa se aplica com igual força àqueles que continuam em seu respectivo estado descrito.  (Grace, Faith, Free Will, pp. 220-201)

Anúncios

Um comentário sobre “Traduções Crédulas: Perseverança dos Santos (12 de 13) – João 3:16

  1. Pingback: Traduções Fracionadas: Perseverança dos Santos (12 de 13) – Índice « credulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s