Traduções Crédulas: Sola Paulus (ou: Quantos Foram Salvos?)

Padrão

Este é um post ao mesmo tempo de reflexão e de descontração.
Por muitas vezes os calvinistas, em especial os supralapsários e os hipercalvinistas, são bastante enfáticos e intransigentes em suas doutrinas – ainda mais quando filosófica e escrituralmente rebatidas e refutadas.
Por isto, eu achei bem interessante este texto, de uma das minhas fontes arminianas preferidas: o SEA. Basicamente, ele defende o disparate mais detestável imaginável: a expiação unitária! Ou “A Expiação Paulina”. Enfim, leiam e divirtam-se!

Sola Paulus (sátira)

de Kevin Jackson from WesleyanArminian
Tradução: Crédulo from WordPress Blog
Neste post vou tratar sobre a extensão da expiação. Usando uma exegese apropriada da escritura é possível provar com certeza que Jesus morreu para eficazmente assegurar a salvação de Paulo de Tarso. E para Paulo somente.

Primeiro, vamos observar Gálatas 2:20. Este é o verso mais importante da Bíblia, pois explicitamente afirma a extensão da expiação (notas do autor):

Estou crucificado com Cristo; no entanto, eu vivo, mas não eu, e sim, Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do filho de Deus, que me amou, e a si mesmo se entregou por mim.{Gálatas 2:20 Almeida Recebida}

Este é o versículo-chave. Ele indisputavelmente prova que Jesus amou e entregou-Se por Paulo apenas. É interessante notar que alguns teólogos têm usado outras passagens em uma vã tentativa de aplicar a expiação para outros a quem ela não fora planejada. Estes hereges falham em uma distinção importante: versículos ambíguos devem ser sempre interpretados à luz de versículos mais explícitos. Gálatas 2:20 limita muito claramente o alcance da expiação para Paulo, e ele somente. Outras passagens menos claras devem ser interpretadas de acordo.

Se Gálatas 2:20 fosse o único versículo que lida com a extensão da expiação, os hereges poderiam ter um ponto de apoio. Felizmente isto não ocorre. Vamos dar uma olhada em outras passagens bem claras. Em Mateus 18:12, aprendemos que o pastor só queria salvar uma ovelha. Na verdade, ele abandonou 99 ovelhas para salvar uma (nota do autor):

Que vos parece? Se alguém tiver cem ovelhas, e uma delas se extraviar, não deixará as noventa e nove nos montes para ir buscar a que se extraviou?{Mateus 18:12 Almeida Recebida}

Esta passagem é clara demais. Ela prova sem sombra de dúvida que o pastor encontrou e salvou uma única ovelha – Paulo. O pastor deixou as outras 99 ovelhas nos montes. Ao fazer isso o pastor maximizou a sua glória. Além disso, ele aumentou o apreço e adoração de Paulo, que foi efetivamente recuperado. Se outras ovelhas pudessem ter sido recuperadas, isto teria diluído o valor do ato do pastor.

A mesma parábola é apresentada em Lucas 15:4-6 (notas do autor):
[4] Qual de vós é o homem que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma delas, não deixa as noventa e nove no deserto, e não vai após a perdida até que a encontre?
[5] E achando-a, põe-na sobre os ombros, cheio de júbilo;
[6] e chegando a casa, reúne os amigos e vizinhos e lhes diz: Alegrai-vos comigo, porque achei a minha ovelha que se havia perdido.{Lucas 15:4-6 Almeida Recebida}
Novamente, vemos o pastor salvando apenas uma ovelha. Ele abandona as ovelhas reprovadas em campo aberto, coloca a ovelha em seus braços e vai para casa.

O teólogo James White nos dá uma visão adicional sobre o uso da palava ovelha (negrito do autor): “O Bom Pastor dá sua vida em favor de suas ovelhas. São todos os homens ovelhas de Cristo? Certamente não…”

Antes de comentar esta citação, é necessária uma exegese do termo “ovelhas”. Para os pouco instruídos, pode parecer que ele está usando a palavra “ovelhas” para se referir a mais de uma pessoa. Este não é o caso. Em inglês a palavra “ovelhas” pode ser singular ou pode ser plural. Aqui estão alguns exemplos:

Singular: Look! there is one sheep over there! (Olha! Tem uma ovelha ali!)

Plural: Look! There are a boat load of sheep over there! We must be in New Zealand! (Olha! Tem um barco carregado de ovelhas ali! Devemos estar na Nova Zelândia!)

Estudiosos não falantes do inglês muitas vezes não notam essa sutil diferença no uso da palavra “sheep”. Nem os equivocados hereges da expiação plural que recorrem à razão humana em vez da exegese. O contexto de White é simples. Quando ele usa os termos “ovelha” e “ovelhas de Cristo”, ele está se referindo a apenas uma ovelha. Em momento algum White diz “barco carregado de ovelhas”, nem se refere à Nova Zelândia. Ele diz que apenas “a ovelha” (que sabemos ser Paulo, claro).

Agora, voltemos à Palavra de Deus. Outra passagem importante a observar é Atos 9:3-7, a Estrada de Damasco. Nela vemos de maneira cristalina que Jesus escolheu Paulo apenas:
[3] Mas, seguindo ele viagem e aproximando-se de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu;
[4] e, caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?
[5] Ele perguntou: Quem és tu, Senhor? Respondeu o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti chutar contra os ferrões.
[6] E ele, tremendo e atônito, disse: Senhor, que queres que eu faça? E disse-lhe o Senhor: Levanta-te e entra na cidade, e lá te será dito o que te cumpre fazer.
[7] Os homens que viajavam com ele quedaram-se emudecidos, ouvindo, na verdade, a voz, mas não vendo ninguém. {Atos 9:3-7 Almeida Recebida}
Esta passagem indica que somente Paulo ouviu a voz de Jesus e viu uma luz dos céus. Os homens que estavam com Paulo ouviram a voz mas não viram a luz. A luz não foi para eles, foi apenas para Paulo. Isto prova que os homens acompanhando Paulo eram reprovados. É claro que eles seriam, afinal eles não eram Paulo.

Argumentos Filosóficos da Expiação de Paulo:

Existem apenas três argumentos filosóficos a considerar:

  1. A Expiação foi para todos;
  2. A Expiação não foi para ninguém;
  3. A Expiação foi para Paulo.

Sabemos que a opção 1 é falsa, este é o universalismo. Sabemos que 2 é falsa, porque Paulo foi salvo. Só nos resta a opção 3: a expiação foi para Paulo.

Objeções comuns à Expiação para Paulo:

P: E sobre as muitas passagens que falam sobre “o mundo”? O mundo não é mais que somente Paulo?
R: À luz do contexto explícito de Gálatas 2:20, é claro que a passagem abígua que ser refere a “mundo” deveria ser melhor traduzida como “o mundo da pessoa eleita cujo nome é Paulo”. Lembre-se, passagens ambíguas devem ser sempre interpretadas à luz de passagens explícitas.

P: Mas Romanos 1:16 não diz que a salvação era tanto para judeus quanto para gregos? Como pode ser apenas para Paulo?
R: Pare de impor as suas interpretações tendenciosas na palavra. Leia a Escritura e deixe que ela fale por si só. Paulo responde facilmente esta objeção em 1Coríntios 9:20-21:

[20] Fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse eu debaixo da lei (embora debaixo da lei não esteja), para ganhar os que estão debaixo da lei;
[21] para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei. {1 Coríntios 9:20-21 Almeida Recebida}

Veja, Paulo era judeu e grego. Romanos 1:16 refere-se apenas a Paulo.

P: E quanto a Maria, mãe de Jesus? Ela não era Paulo e a Bíblia diz que ela foi bendita.
R: O que é você, algum tipo de católico enrustido? Seu raciocínio sempre leva a Roma.

P: Este sistema não é justo. Se apenas Paulo é salvo, e sobre todos os demais que perecem? Isto é um péssimo negócio a todos exceto Paulo.
R: Paulo antecipa a sua objeção em Romanos 9:20: “Quem és que questionas a Deus?” Em outras palavras, isto pode parecer injusto de nossa visão humana decaída, mas é a escolha soberana de Deus individualmente e eficazmente salvar Paulo e Paulo somente. Isto dá mais glória a Deus, e faz a salvação de Paulo mais valiosa. Não questione os desígnios de Deus.

P: Eu não estou questionando a Deus, estou dizendo que seu sistema distorce o caráter de Deus.
R: Você tem um conceito errado de justiça. Geralmente, apenas uma pessoa vence a loteria também, mas você se queixa de não ter sido você? Algumas vezes ninguém vence a loteria, e isto faz o prêmio acumular. Se todos ganhassem a loteria isto não seria bom para ninguém. Por exemplo, se o prêmio fosse de um milhão e dez bilhões de pessoas vencessem, cada uma levaria apenas 0,01 centavo. Isto é uma enganação! O mesmo conceito se aplica à salvação para Paulo. Ele venceu a loteria.

P: Mas não é um desperdício do sangue de Jesus aplicá-lo somente a Paulo, quando ele poderia ter coberto mais pessoas?
R: Não de todo, tudo foi planejado pelo divino decreto antes da fundação do mundo. O sangue de Jesus foi planejado somente para Paulo, e eficazmente assegurou a salvação de Paulo. A expiação não fez a salvação meramente possível, ela assegurou-a.

P: Não acho esta doutrina muito motivadora para pregar o Evangelho.
R: Espantalho. Paulo cria nela e era muito motivado. Ademais, as Escrituras nos comandam a pregar o Evangelho.

Conclusão: a extensão da expiação está clara. A morte de Jesus foi para Paulo, e Paulo somente. Precisamos abandonar nossos preconceitos tradicionais e ler a escritura no contexto em que ela fora pretendida. Caso encerrado.

6 comentários sobre “Traduções Crédulas: Sola Paulus (ou: Quantos Foram Salvos?)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s